segunda-feira, 21 de abril de 2008

Convívio Fraterno

Nos próximos dias 24, 25, 26 e 27 de Abril realizar-se-á mais um Convívio Fraterno, na Casa de S. Lourenço do Palmeiral.

Muitos de nós já tiveram a graça de participar neste encontro…que é…mesmo isso! Um ENCONTRO!!!!!!!

Neste Convívio estarão os corajosos Martinha e Celso, que apesar de algumas hesitações aceitaram este desafio que Deus lhes colocou! Estejamos todos unidos e rezemos por eles, para que saibam…Encontrar…(mais não se pode dizer :D)

Querem deixar uma mensagem para eles? É só clicar em comentários …

O encerramento será no dia 27 de Abril, no centro paroquial de Quelfes.

terça-feira, 15 de abril de 2008

DOAÇÃO ILIMITADA

É difícil aceitar

Que um amigo não faça por nós

Algo que lhe pedimos...

Sentimo-nos rejeitados!

É difícil aceitar que um amigo

Não nos faça aquilo que dele esperamos...

Desejamos uma doação ilimitada!

E difícil aceitar os limites

E as fronteiras daqueles que amamos...

É difícil estabelecer limites ao nosso próprio amor.

Quando damos tudo o que os outros nos pedem,

Quando nos exigem cada vez mais... e nós damos, Até à exaustão...

Sentimo-nos manipulados, usados como objectos

E não encarados como sujeitos.

Há pessoas que esmagam as nossas necessidades,

Que tentam dominar os nossos sentimentos,

Que tentam anular a nossa identidade...

Isso não é Amar!

A verdadeira reciprocidade requer pessoas

Que sejam donas de si mesmas,

Capazes de se darem às outras

Mantendo a sua identidade...

Impondo certos limites ao saber Amar...


Ass. Liliana Rodrigues



video

domingo, 13 de abril de 2008

Domingo do Bom Pastor

“O Senhor é meu Pastor…sei que nada temerei!”

No Domingo celebrámos o dia do Bom Pastor, orando e pedindo a Deus por todos aqueles que têm a coragem de dizer SIM a Deus.

O Padre Mário relembrou o que Jesus disse a Pedro “apascenta as minhas ovelhas!”. De facto, somos o rebanho de Jesus que nos conhece a todos pelo nome. Mas Ele não quer que vivamos sozinhos, cada um para o seu lado…Ele envia-nos os seus pastores para conduzirem as suas ovelhas para os prados verdejantes.

Hoje, quero agradecer ao Pai que nos dá a graça de termos connosco dois pastores que nos conhecem e se entregam por nós.

Obrigada ao Padre Rui por nos transmitir a sua alegria e por estar presente nas nossas vidas!

Obrigada ao Padre Mário, que no meio de tantas obrigações, trata de nós como um pai!

Obrigada, Senhor, por nos abençoares com estes bons pastores…porque com eles chegamos mais perto de Ti e sem medo continuaremos a avançar para Te alcançar.

Andreia Horta

quarta-feira, 9 de abril de 2008

domingo, 6 de abril de 2008

O ritmo

O peso que por vezes temos nos ombros impede-nos de olhar em volta e ver os outros... os nossos amigos...!! Por vezes não percebemos porque é que as coisas não funcionam, porque é que as pessoas não se entusiasmam como nós... e sentimo-nos frustados...cansados e com vontade de desistir! Pensamos porque vale a pena? Se parece que não querem andar para a frente? Engraçado pensarmos assim... em nós, no que queremos, na nossa ideia, na maneira que achamos ser a mais correcta e criticarmos os outros por não terem a mesma opinião. Muitas vezes agimos assim...sem parar para pensar que nem sempre temos de estar correctos. Este sábado na Eucaristia ouvi umas palavras que me fizeram pensar sobre isto...não me lembro ao certo mas era mais ou menos assim: "...quando amamos alguém não devemos impor a nossa opinião, devemos partilhá-la, mas dar espaço ao outro para que a aceite ou discorde". Tantas vezes dizemos que amamos as pessoas que estão ao nosso lado e quando estas discordam de nós em alguma coisa ficamos logo amuados! Nem reparamos que não estamos a agir bem, pensamos só em nós e esquecemos que essa pessoa que dizemos que gostamos é livre, como nós de ter a sua própria opinião, a sua própria maneira de agir, o seu ritmo.
Nem todos podemos demonstrar o mesmo entusiasmo, a mesma alegria, a mesma maturidade, o mesmo sorriso... Cada um de nós tem o seu ritmo e é importante que nos apercebamos disso e respeitemos o ritmo de cada um. O importante é estarmos ao lado uns dos outros para ajudarmos os outros a manter o seu ritmo, a continuar o seu crescimento...seja ele qual fôr!!

ass. vânia luz